A Delegada Poliana da Paixão Henriques, da Delegacia de Guarus, informou na tarde deste domingo(21) que o motorista que provocou o acidente fatal que vítimou o médico José Roberto Izaías Júnior, 30 anos, estava alcoolizado no momento do acidente. O acidente ocorreu na rodovia BR-356, no trecho de Degredo, entre as cidades de Campos e São João da Barra. Luciano Machado Barreto, fez o teste do bafômetro ainda na rodovia, e deu positivo para a presença de álcool no organismo. O acusado foi levado para o Hospital Ferreira Machado com ferimentos leves, mas após deixar o HFM será preso e encaminhado para a Casa de Custodia, em Campos.

Segundo familiares, o médico oncologista não tinha ingerido bebida alcoólica. O médico e sua família seguia para o município de São João da Barra com mais quatro passageiros, incluindo um bebê e uma mulher que estava em resguardo pós-parto. Diferente do que foi divulgado previamente, o bebê não foi arremessado do carro.

A Delegada ainda afirmou, que o motorista que estava alcoolizado não foi preso no local pelo motivo de ter ferimentos leves. O motorista foi levado para o Hospital Ferreira Machado, em Campos, e ao receber alta ele será preso e levado para a Casa de Custódia, em Campos.

Comente com o seu Facebook
COMPARTILHAR