Médicos de Campos suspendem greve por tempo indeterminado

Diante do atual cenário, que promete se agravar no decorrer dos dias, o sindicato dos médicos de Campos (SIMEC) decidiu ontem à noite pela suspensão da greve, que durava 26 dias no município. A suspensão durará até que a situação da pandemia (Coronavírus) seja normalizada.

O presidente do Sindicato, José Roberto Crespo lembrou que agora cabe à prefeitura proporcionar ambiente seguro para que os profissionais possam trabalhar. Ontem neste blog, uma denúncia foi compartilhada (aqui) revelando a realidade já conhecida pelos campistas: a falta de estrutura de medicamentos e equipamentos de proteção.

- Advertisement -

A promessa foi de retorno ao trabalho assim como a cobrança pela segurança da atuação dos profissionais. O bom senso prevaleceu. Que assim seja com a secretaria de saúde.

 

- Participe -

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido.