BLOG DO FABRICIO NASCIMENTO

Opinião, artigos e bastidores da política
ClickCampos.com/Fabricio

Makhoul quebra o silêncio e não fala absolutamente nada

Há duas semanas, publiquei aqui neste espaço um artigo intitulado “O silêncio de Makhoul”, onde citava que o médico Makhoul Moussallem, que era muito combativo nas redes sociais criticando o governo, tem ficado em silêncio após ser nomeado como assessor especial de Rafael Diniz, recebendo R$ 7.600 por mês.

Na última semana Makhoul decidiu ‘quebrar o silêncio’ e publicar uma carta aberta justificando o motivo de ficar quieto e não fazer críticas ao governo Rafael Diniz. Em um texto muito extenso, e até mesmo cansativo de ler, Makhoul destacou feitos de sua carreira como médico e justifica na sua história o motivo do seu silêncio.

Para começo de conversa, é importante destacar que Makhoul tem uma carreira brilhante na medicina e ninguém questionou isso. Porém, ao escrever um ‘curriculo aberto’, citando feitos de 45 anos de carreira, mas não citando absolutamente nenhuma ação positiva em três meses de serviço, é apenas um atestado que Makhoul nasceu para a medicina e deve esquecer de uma vez por todas a vida pública.

Diferente de Makhoul, este que vos escreve não tem pretensão política alguma e não é pré-candidato a absolutamente nada. A partir do momento que existe a intenção – ou rumor – de Makhoul ser pré-candidato e que ele exerce uma função pública com salário de R$ 7,6 mil, o mínimo que se espera são ações e que ele dê satisfações a quem paga o seu salário.

Makhoul encerra o texto dizendo que “se a palavra vale prata, o silêncio vale ouro”. Verdade Makhoul, pelo visto, tem gente que o silêncio vale uma barra de ouro mensal no valor de R$ 7,6 mil.

Relacionados

ÚLTIMAS POSTAGENS

error: Conteúdo protegido.