fbpx

#SigaOCLICK

Localidade em choque. Família morre com Covid-19 no espaço de uma semana

MAIS LIDAS

A pequena aldeia de Courcelles-sous-Châtenois, na França, está em choque. Na localidade, com apenas 80 habitantes, três membros da mesma família morreram de Covid-19. 

No espaço de uma semana, um idoso de 89 anos, a mulher de 82 e o filho de ambos, com 48 anos, contraíram uma forma grave da doença. A família, que comparou o coronavírus a uma pequena gripe, rejeitou ser vacinada e foi acometida pela quinta vaga da pandemia.

O filho, Dominique, que já sofria de problemas respiratórios, faleceu no dia 14 de novembro, em casa, sem chegar a saber que estava infectado.

Poucos dias depois, a mãe, Odile, sentiu-se mal e foi levada para o hospital, onde morreu no dia seguinte. O marido, Robert, de 89 anos, morreu passados cinco dias, também no hospital.

A história da família foi partilhada por um jornal local na última segunda-feira.

« Une grippette » pic.twitter.com/civ6UWkbkw

— Paul Aubriat (@paulaubriat) November 21, 2021

 

Agora, uma familiar insiste na vacinação, sobretudo para os que já têm comorbidades: “Quero mandar um recado para todos os não-vacinados, e principalmente para as pessoas frágeis como as que sofrem de doença crônica: têm que se vacinar. Já têm problemas de saúde, então se não se vacinarem só vão piorar as coisas”, apelou na imprensa local.

 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Mais notícias