Justiça do RJ concede liberdade ao bombeiro que atropelou e matou ciclista no Rio

-

- Siga o nosso Instagram -

A Justiça do Rio de Janeiro concedeu liberdade provisória para o capitão bombeiro João Maurício Correia Passos, que atropelou e matou um ciclista no Recreio dos Bandeirantes, Zona Oeste do Rio.

A decisão foi tomada, nesta sexta-feira (26), pelo juiz Roberto Câmara Lacé Brandão, da 31ª Câmara Criminal do Rio, e acordada com o Ministério Público. Segundo o magistrado, o crime imputado ao bombeiro não prevê prisão preventiva.

- Informe Publicitário -

“A pena privativa de liberdade máxima, prevista em abstrato para o injusto imputado ao demandado não é superior a 4 anos de reclusão (hipótese que não autoriza a imposição de custódia cautelar preventiva)”, destacou o magistrado.

O bombeiro foi preso em flagrante, em 11 de janeiro, cerca de duas horas depois de depois de atropelar e matar o ciclista Cláudio Leite da Silva, de 57 anos, que era caso e não tinha filhos. no Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste do Rio.

Imagens obtidas pela polícia mostram o bombeiro aparentemente embriagado, comprando bebidas num posto de gasolina, antes de sair dirigindo. A gravação foi feita cerca de uma hora antes do atropelamento.

- Informe Publicitário -

Justiça do RJ concede liberdade ao bombeiro que atropelou e matou ciclista no Rio

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MAIS LIDAS

Leia tambémRELACIONADAS
Destaques