Justiça determina bloqueio de R$ 18 milhões de Garotinho e Rosinha

Os ex-governadores do Rio Anthony Garotinho e Rosinha Matheus se tornaram réus no caso da Operação Chequinho. O juiz Leonardo Cajueiro, da 2ª Vara Criminal de Campos dos Goytacazes, recebeu a denúncia do Ministério Público e determinou o bloqueio de R$ 18.047.277,00.

O valor bloqueado diz respeito ao que teria sido desviado da prefeitura da cidade no Norte Fluminense entre os meses de julho e dezembro de 2016 — na época, comandada pelo casal: Garotinho era o secretário de Governo da mulher.

O moço é acusado de praticar os crimes de supressão de documento (18.834 vezes), peculato (82.248 vezes) e crime de responsabilidade de prefeito — em conjunto com Rosinha.

A decisão, no entanto, indeferiu o pedido de prisão preventiva dos dois: ao invés, eles terão que cumprir medidas cautelares. Entre elas, estão o recolhimento domiciliar no período noturno e nos dias de folga, monitoramento eletrônico e a proibição de ir a Campos ou a escritórios de representação do município.
Fonte: Extra
- Anúncios -

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido.