Justiça determina afastamento e cassação do mandato da prefeita de Araruama

A Justiça do Rio determinou o afastamento e cassação do mandato da prefeita de Araruama, na Região dos Lagos.

Segundo o Ministério Público, o mandato de Livia Soares Bello da Silva, conhecida como Livia de Chiquinho, seria de ‘fachada’. De acordo com a denúncia, Francisco Fernandes Ribeiro, o Chiquinho da Educação, marido da política, e ex-prefeito da cidade, comparecia, liderava reuniões e nomeava pessoas a cargos públicos.




A sentença em 1ª instância, decretada pela juíza da 2ª Vara Cível, Maíra Valéria Veiga de Oliveira determina, além da cassação do mandato, o pagamento de uma multa equivalente a um valor 80 vezes maior que o salário recebido em 2017, quando o MP realizou a denúncia.

De acordo com o MP, Chiquinho, que se tornou inelegível em 2014 por decisão da justiça, tomava as decisões na prefeitura.

Procurada a defesa de Livia ainda não se posicionou.

- Participe -
- Anúncios -

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido.