Joice Hasselmann não é mais líder do governo

Adeputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) foi destituída da liderança do governo no Congresso Nacional. O substituto é o senador Eduardo Gomes (MDB-TO), segundo informações do Estadão/Broadcast.

A decisão foi tomada pelo presidente Jair Bolsonaro e acontece após Joice não apoiar a iniciativa de colocar Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) como líder do partido na Câmara. O atual líder, Delegado Waldir (GO), travou uma briga para manter o cargo.




A situação da deputada ficou insustentável no governo na quarta-feira, após Joice assinar a lista de apoio à permanência de Delegado Waldir na liderança.

Joice Hasselmann foi escolhida líder do governo em fevereiro, pela indicação dos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP).

No entanto, a deputada vinha perdendo espaço e prestígio desde que resolveu contar com o apoio do desafeto de Bolsonaro, João Doria (PSDB), governador de São Paulo, para disputar a prefeitura da cidade. A deputada enfrenta resistências do PSL na disputa e desde então há indícios de que ela poderá deixar o partido para se filiar ao DEM.

 Crise

A crise no PSL foi deflagrada em setembro. Mas o clima piorou no dia 8 de outubro, quando Bolsonaro disse para um seguidor esquecer a sigla e que o presidente do partido, Luciano Bivar, estava queimado.

Desde então, aliados de Bolsonaro e de Bivar travam uma disputa interna. Hoje, Bolsonaro perdeu a queda de braço e Delegado Waldir segue líder da legenda na Casa. A decisão foi tomada com base técnica, uma vez que a lista apresentada pela ala bivarista, que é a favor de Waldir, teve mais assinaturas validadas do que a apresentada em favor do filho do presidente, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP).

- Participe -
- Anúncios -

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido.