Joaquim Barbosa e Marina Silva dão passos para a corrida presidencial

Enquanto grande parte do Brasil vivencia minuto a minuto a possível prisão do ex Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, outros eventos políticos vão acontecendo e passando despercebidos.

Joaquim Barbosa se filiou na noite de ontem (06/04) ao PSB e em postagem em sua página no Facebook admitiu a possibilidade de concorrer à Presidência da República.

- Advertisement -




“A muitos pode parecer paradoxal, mas das conversas com o PSB construiu-se um entendimento que, no fundo, me traz um certo conforto e propicia mais tempo para reflexão na tomada de uma decisão final. É que, embora uma parcela considerável das lideranças do partido externem simpatia pela minha filiação, o fato é que, em total transparência, o PSB deixou claro que não me garante de antemão a legenda para uma possível candidatura à Presidência da República”, escreveu Barbosa.

Em paralelo ao ato de filiação de Joaquim Barbosa, Marina Silva deve anunciar sua pré candidatura à Presidência da República, no congresso de seu partido, que teve início  ontem. Criticada por ser omissa em questões importantes, o anúncio de sua pré candidatura deve passar despercebido, pois o país está vivenciado uma convulsão política devido aos últimos acontecimentos, mas dessa vez ela não foi a culpada, o congresso da Rede Sustentabilidade já estava marcado sem prever possíveis eventualidades.




MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido.