BLOG DO FABRICIO NASCIMENTO

Opinião, artigos e bastidores da política
ClickCampos.com/Fabricio

Igor Pereira deixa comando da FMIJ: “Escolho ficar ao lado dos servidores e da população”

Ameixa-659bc44db0d57fb28.gif

O vereador Igor Pereira (SD), anunciou na manhã desta segunda-feira (24) que está deixando a presidência da Fundação Municipal de Infância e Juventude e retornando à Câmara. Segundo ele, a decisão acontece por não concordar com o pacote de medidas que o prefeito Wladimir Garotinho encaminhou ao legislativo e que será votado essa semana.

Com o retorno de Igor ao cargo de vereador, o suplente Beto Abençoado deixa a cadeira que ocupava. Sendo assim, Wladimir perde mais um voto que era dado como certo.

- Advertisement -

Confira abaixo a nota divulgada por Igor:

“Em minha trajetória política, nunca abri mão dos meus valores e da defesa do que considero o melhor para a população de Campos; mesmo que às vezes isso me custe tomar decisões difíceis.
Em 2019, como vereador, deixei a base de apoio do então prefeito Rafael Diniz por discordar de um conjunto de medidas propostas pelo governo municipal que, na minha avaliação, seriam prejudiciais aos servidores públicos municipais. Adotei minha postura de independência.
Diante do pacote de medidas que o prefeito Wladimir Garotinho enviou à Câmara Municipal, cortando benefícios dos servidores da área da Saúde e aumentando a alíquota do ITBI, mais uma vez escolho ficar ao lado dos servidores e da população, que não podem pagar essa conta tão amarga.
Por uma questão de coerência política, passo a adotar uma postura de independência em relação ao governo municipal e anuncio meu desligamento da presidência da Fundação Municipal da Infância e Juventude.
Agradeço ao prefeito Wladimir Garotinho pela oportunidade de ter contribuído com a política de proteção das crianças e adolescentes de Campos, causa à qual continuarei me dedicando, mesmo sem nenhum cargo no Executivo.
Retorno à Câmara Municipal para exercer meu mandato de vereador – de antemão, antecipando meu voto contrário a toda e qualquer medida que eu considerar prejudicial ao povo de Campos”.

Relacionados

ÚLTIMAS POSTAGENS