O instituto Médico Legal(IML) de Campos, informou na noite desta sexta-feira (19), que o corpo encontrado em alto estágio de decomposição na estrada que liga o bairro Fazendinha à localidade de Poço Gordo na Baixada Campista, foi identificado através das digitais da vítima

Trata-se de Adriana Ribeiro Velasco, de 41 anos, natural de Cachoeiro de Itapemirim (ES). A vítima teria tido passagem na Casa Irmãos da Solidariedade há quase um ano. A vítima era soropositiva e chegou a ficar internada pouco tempo na unidade que fica no Jardim Carioca, em Guarus.

Ainda segundo a direção da casa, a paciente recebeu todos os cuidados, mas teria deixado a unidade por livre e espontânea vontade, há quase um ano, e nunca mais retornou. O caso do encontro do corpo de Adriana foi registrado na 134ª Delegacia legal (DL/Centro).

Comente com o seu Facebook