fbpx

#SigaOCLICK

Ibrahimovic marca, Milan vence Venezia e assume liderança provisória no Italiano

MAIS LIDAS

O domingo começou do jeito que o torcedor do Milan gostaria. Jogando em Veneza, a equipe de Stefano Pioli superou o Venezia, por 3 a 0, no estádio Pierluigi Penzo, pela 21ª rodada do Campeonato Italiano. Com o resultado, o Milan assume provisoriamente a liderança do torneio e seca a rival Inter de Milão, que joga às 16h45 com a Lazio.

O jogo prometia começar de maneira mais equilibrada, com as duas equipes dividindo a posse de bola. Logo de cara, no entanto, o Milan foi tomando conta da partida e não teve muitas dificuldades para superar o 16º colocado do Campeonato Italiano. Tanto que o sueco Zlatan Ibrahimovic precisou de apenas dois minutos para deixar o time de Milão em vantagem no marcador.

- Advertisement -

Com a vantagem estabelecida em Veneza, o Milan precisava apenas controlar bem o jogo e impedir que os donos da casa levassem perigo ao gol do francês Mike Maignan. O Veneza até tentou buscar o empate, mas não conseguiu. O aparente equilíbrio visto no primeiro tempo não se repetiu na etapa complementar. Os novos líderes do campeonato criaram boas oportunidades e consolidaram o placar vitorioso.

Com somente 3 minutos do segundo tempo, o francês Theo Hernández mostrou que seria decisivo. Marcou seu primeiro gol no jogo com assistência de Rafael Leão. Com pouco mais de 20 minutos, o Milan criou ótima oportunidade com Ibrahimovic, que parou no goleiro. Theo Hernández tentou no rebote, a bola bateu na mão do austríaco Michael Svoboda e o árbitro apontou pênalti. O jogador do Venezia acabou expulso e o próprio Theo Hernández foi o responsável pela cobrança, marcando seu segundo tento no jogo e dando números finais para a partida.

Somando três pontos importantes como visitante, o Milan chega aos 48 pontos, dois a mais que a rival Internazionale, que volta a campo neste domingo, no Giuseppe Meazza, para encarar a Lazio. Uma vitória devolve a liderança à Inter. Já o Venezia é 16º, com 17 pontos, apenas quatro pontos distante da zona de rebaixamento.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Mais notícias