BLOG DO FABRICIO NASCIMENTO

Opinião, artigos e bastidores da política
ClickCampos.com/Fabricio

Gritaria, ofensas e xingamentos marcam sessão da Câmara desta terça

Após pouco mais de duas horas com muitas polêmicas e debates quentes, a sessão desta terça-feira (20) foi encerrada após uma discussão entre um permissionário das vans e o líder do governo, o vereador Genásio. A confusão aconteceu durante a fala livre do parlamentar.

A LUTA DO GOVERNO?
O estopim foi quando o vereador falou aos funcionários da empresa São Salvador, “Nós não iremos desistir. Nós iremos continuar o nosso projeto, por que acreditamos que mais do que um novo sistema, existem vidas envolvidas”, quando foi interrompido por um permissionário que afirmou que Genásio estava sendo mentiroso, já que na semana anterior ele supostamente estaria defendendo os permissionários e falando mal das empresas de ônibus.




VEREADOR DUAS CARAS
Genásio tentou argumentar, mas o permissionário continuou “Você estava em nosso favor semana passada e falando mal deles. Você está enchendo linguiça aí. Você foi pedir voto na minha van. Peço perdão por ficar exaltado, eu sou trabalhador e não tenho nada contra ninguém não, mas tem coisas que revoltam a gente”, desabafou o permissionário. O permissionário saiu do plenário e Genásio mais uma vez tentou continuar sua fala, mas foi interrompido pelo Cabo Alonsimar, vereador da oposição, que criticava a postura de uma pessoa que estava no plenário, chamando bravamente de “puxa-saco” do governo. Em seguida, o presidente Fred Machado encerrou a sessão por falta de decoro.

VEREADOR DUAS CARAS – 2
A sessão já vinha quente desde o momento em que a vereadora Marcelle Pata insinuou que o Igor Pereira tinha cerca de 500 indicações de cargos de RPA no governo, e por isso não poderia criticar a gestão de Rafael Diniz. “Tem vereador  que é duas caras. Vem na tribuna e crítica o governo, mas tem cerca de 500 RPAs. A população deve ficar atenta com esses vereadores”. A fala aconteceu após Igor criticar duramente a gestão de Abdu Neme à frente da Secretaria de Saúde.

“É UMA INVERDADE A INSINUAÇÃO”
A fala de Marcelle causou revolta em outros vereadores. Alvaro César subiu a tribuna e desabafou, “Será que o vereador da base não pode criticar o governo? Essas críticas são construtivas, temos a obrigação de fazer. E quando o secretário vier aqui, eu mesmo farei vários questionamentos. E quanto a fala da parlamentar, em outro momento que ela estiver presente usarei as palavras oportunas. Mas eu conheço o Igor e a insinuação é uma inverdade”.

“INFELICIDADE EM FALAR MENTIRA”
Outro que falou em defesa de Igor foi Silvinho Martins. “Eu não estava presente no plenário no momento da fala infeliz da vereadora Marcelle, mas fiquei sabendo através das redes sociais. Gostaria de deixar claro que a vereadora teve a infelicidade de falar uma mentira aqui, está falando do que não sabe. Eu conheço Igor, sei que não existe isso aqui. Sei que ele não tem esse tamanho todo no governo. O Igor é um cara honrado e se for preciso ele subir aqui para criticar o governo e for para o bem da população, ele vem e fala”, disse o vereador.

Relacionados

ÚLTIMAS POSTAGENS

error: Conteúdo protegido.