Governador Witzel aprova grupo de desenvolvimento

O RioAgro Coop trouxe a Campos o governador Wilson Witzel nesta quinta-feira (23), que atendeu a proposição da Coagro e Organização das Cooperativas do Brasil (OCB-RJ), realizadores do evento, para a criação de um Grupo Técnico de Desenvolvimento do Agronegócio, integrando municípios, Estado, universidades, na formação de uma estratégia comum para o desenvolvimento rural. O governador se emocionou com a entrega da Comenda Defensor do Agronegócio Fluminense, criada pela Coagro e entregue em sua primeira edição no RioAgro Coop.

O anúncio do grupo técnico de desenvolvimento da agricultura foi feito na cerimônia de abertura oficial do RioAgro Coop, com a mesa formada pelo governador Witzel, o prefeito Rafael Diniz, representando os prefeitos da região, o deputado federal Wladimir Garotinho, representando o presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia e demais parlamentares, o secretário estadual de Agricultura, Eduardo Lopes, os presidentes da OCB-RJ, Vinicius Mesquita, e da cooperativa agroindustrial Coagro, Frederico Paes.




Antes de abrir oficialmente o evento, realizado pela OCB-RJ e Coagro, com organização do portal Fatore, o governador Witzel percorreu as instalações da usina Sapucaia, administrada pela Coagro. Na usina, o governador fez uma parada, para cumprimentar, de forma emocionada, os operários que trabalhavam na montagem industrial, lembrando que esta era a profissão de seu pai. “Quero agradecer a presença a esses homens e mulheres do campo que estão aqui hoje e dizer que estamos trazendo novidades para Campos e região”, afirmou o governador na abertura do seu discurso.

Entre as novidades anunciadas pelo governador destaca-se o incentivo que será dado aos produtores da agroindústria para irrigação da cana de açúcar. “Vamos financiar o que for necessário para irrigação, para triplicar a produção local, gerando emprego e renda”, afirma.

Incentivar o sistema de cooperativismo da região foi outra promessa feita pelo governador, que citou ainda as cooperativas do estado que vêm ao longo do tempo prosperando, como por exemplo, as Cooperativas de Leite de Barra Mansa e Macuco, representadas pelos seus diretores no RioAgro Coop.

– A cana-de-açúcar é uma vocação do estado do Rio. E esse assunto está na pauta de discussão da Assembléia Legislativa, de incentivo ao produtor, sem prejudicar o consumidor final e pede a redução dos valores do combustível  – acrescenta o governador.

O RioAgro Coop representou um momento de integração política, de instituições representativas. O evento reuniu vários prefeitos da região, além de Rafael Diniz, como Carla Machado (São João da Barra), Fátima Pacheco (Quissamã), Francimara Lemos (São Francisco do Itabapoana), Gilson Siqueira (Cardoso Moreira), Rogério Boechat (Itaperuna). Participaram também os deputados estaduais Bruno Dauaire, Gil Vianna, João Peixoto, os vereadores Franquis (SJB), Cláudio Andrade, Igor Pereira, Eduardo Crespo, Joilza Rangel, Abu, Josiane Morumbi, Alonsimar, Paulinho Arantes, Álvaro Cesar, Rosiane do Renê, José Carlos, Jorginho Virgílio.

Do RioAgro Coop, realizado pela OCB-RJ e Coagro, participaram vários representantes do segmento produtivo, como Fernando Aguiar (Firjan), Marcelo Mérida (Federação das CDLs), Joilson Barcelos, presidente da Associação dos Atacadistas do Estado do Rio de Janeiro, entre outras.

Representantes de cooperativas, como a agrícola de Barra Mansa, Cláudio Martini Meirelles, o presidente da Cooperativa de Macuco, Silvio Marini, entre dezenas de outras associações, como as Cooperativas de Carmo, Cachoeira de Macacu, Sumidouro, Sapucaia, entre outras.

O evento Rio foi realizado na parte da manhã, na sede agrícola da Coagro, com palestras e mesas redondas sobre “cooperativismo”, “regime climático do estado”, “uso racional dos recursos hídricos”, entre outros. Entre os palestrantes, membros do governo Witzel, como o secretário estadual de Agricultura, Eduardo Lopes, o deputado Wladimir Garotinho, e o professor José Carlos Mendonça, da Uenf, sobre mudança da classificação do clima para semi-árido, e a subsecretária estadual de Ambiente, Renata Bley. Além de representantes da OCB Nacional e do Rio de Janeiro.

- Anúncios -
- Anúncios -

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido.