Brasil e Mundo

Globocop cai em praia e deixando dois mortos e um ferido

Um helicóptero da Globo caiu na Praia do Pina, Zona Sul de Recife, pouco depois de transmitir imagens para o programa de TV “Bom Dia Pernambuco”, por volta das 6h15 desta terça-feira. Segundo o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), o acidente com o Globocop deixou duas pessoas mortas e uma ferida, que foi levada para o Hospital da Restauração.

 De acordo com o site “G1′, o helicóptero levava funcionários da empresa Helisae, que presta serviços para a TV Globo. A aeronave era pilotada pelo comandante Daniel Galvão, que morreu no local. Também estavam a bordo o operador de transmissão Miguel Brendo, que foi socorrido, e a primeira-sargento da Aeronáutica Lia Maria Abreu de Souza, supervisora da empresa proprietária do helicóptero, que também faleceu.

O passageiro ferido sofreu vários traumas e chegou à unidade de saúde em choque e em estado gravíssimo. No momento, ele passa por uma cirurgia que deverá durar por cerca de três ou quatro horas, informou a assessoria de imprensa do hospital.

O corretor de imóveis Wanderson Felix, de 34 anos, morador do bairro Brasília Teimosa, estava em casa quando ouviu um ruído “estranho” seguido por uma explosão. Ele conta que foi ao local da queda.

— Eu tinha acabado de acordar quando escutei um barulho estranho vindo do helicóptero. Em poucos segundos, ouvi uma explosão. Minha esposa veio falar que ele caiu atrás de casa, e eu e outros moradores fomos ocorrer as pessoas — relatou Wanderson.

Felix publicou um vídeo em seu perfil no Facebook do momento em que moradores apareceram para ajudar a retirar do mar as vítimas do acidente. Para ele, a tragédia poderia ter sido ainda pior, mas o piloto direcionou o helicóptero para a praia.

— Estou até agora em choque. A tragédia poderia ser pior. O helicóptero passou muito perto da minha casa, baixinho. O piloto foi levando para o mar — contou.

Comente com o seu Facebook

To Top
error: Conteúdo protegido.