Politica

Garotinho diz que ‘não segue orientação nacional’ para costurar alianças

O ex-governador Anthony Garotinho, e pré-candidato ao governo do Estado pelo PRP, disse hoje que “não segue orientação da direção nacional” do partido para negociar suas alianças no Rio. O comentário veio após a notícia, desta quarta-feira, de que o general Augusto Heleno, também do PRP, não seria vice da chapa à presidência do deputado federal Jair Bolsonaro (PSL).

Garotinho disse que “nem sequer sabia” da possibilidade da chapa, mas que não acreditava que o não acordo fosse por conta da figura de Bolsonaro. Para ele, se tratou de uma indefinição de negociação. Ao falar sobre como serão desenvolvidas as alianças do PRP, Garotinho frisou que negociou com o presidente do partido para que “deixasse as alianças no Rio por minha conta”, e que por sua vez não se “meteria” em nível federal.

— Não vou seguir orientação de direção nacional. Vou fazer minhas alianças no Rio, e o palanque aqui será dividido levando isso em conta — contou. Garotinho também estaria negociando uma aliança com o atual prefeito do Rio, Marcelo Crivella (PRB). De acordo com o colunista Lauro Jardim, o acordo estaria quase selado, ainda que o partido de Crivella tivesse se posicionado até o momento para apoiar a candidatura de Índio da Costa (PSD).

Fonte: Extra

Comente com o seu Facebook
Garotinho diz que ‘não segue orientação nacional’ para costurar alianças

To Top
error: Conteúdo protegido.