Campos

Em escuta telefônica, Garotinho diz que em caso de irregularidades, beneficiários do Cheque-Cidadão devem ser culpados

Preso ontem pela Polícia Federal, o ex-governador Anthony Garotinho afirmou, numa conversa telefônica, que caso houvesse problemas com o programa Cheque-Cidadão, por causa de irregularidades em sua concessão, os beneficiários é que deveriam ser responsabilizados. De acordo com denúncia do Ministério Público, Garotinho cadastrou irregularmente quase 18 mil pessoas, que receberam o benefício de R$ 200 em troca de votos.

Segundo decisão do juiz Glaucenir Silva de Oliveira, da 100ª Zona Eleitoral, que decretou a prisão do ex-governador, a ligação telefônica, interceptada pela polícia, foi entre o acusado e um homem identificado como Henrique Oliveira. Nela, Garotinho determina que seu interlocutor insira “milhares de beneficiários no pagamento de benefícios assistenciais” e é alertado de que não há “possibilidade jurídica e legalidade” em sua intenção.

Garotinho, então, afirma que o importante seria realizar o pagamento do benefício, e que caso houvesse problemas com a Justiça, a responsabilidade pela ilicitude deveria recair sobre os beneficiários, imputando-lhes a afirmação de que se inseriam no perfil legal para recebimento do benefício.

Fonte – Jornal EXTRA.

Comente com o seu Facebook

To Top
error: Conteúdo protegido.