Fluminense supera o Flamengo e conquista Taça Rio

No Maracanã de portões fechados e milhões de internautas na torcida, o Fluminense venceu nos pênaltis (3 x 2) o Flamengo e levantou a Taça Rio. O resultado força a mais dois jogos, para decidir quem vai ficar com o título de Campeão Estadual.

Como já havia conquistado a Taça Guanabara e também somou o maior número de pontos na fase de grupos, a equipe de Jorge Jesus poderia se sagrar bicampeã carioca, na noite dessa quarta (8), e levar 36º título carioca para a Gávea. Entretanto, o futebol resolveu prorrogar esse torneio, marcado pela pandemia; o retorno, ou não, da competição e pelas disputas sobre os direitos de transmissão dos jogos, alterados a partir da Medida Provisória 984.

- Advertisement -

Mais cedo, o presidente do Flu, Mário Bittencourt, chegou a chamar a Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj) de “gatoferj”, alusão ao crime usado para furtar energia ou sinais de TV.

Dentro do campo, durante os 90 minutos, as equipes empataram em 1 a 1. Com mais marcação, Fluminense começou melhor o jogo e saiu na frente com Gilberto, de cabeça, aos 37 minutos do primeiro tempo. Na etapa final, aos 32, Pedro também de cabeça, escorou cruzamento da esquerda e empatou o placar. A disputa então foi direto para as penalidades. Nas cobranças, melhor para a pontaria e o goleiro tricolor. O zagueiro Léo Pereira chutou pra fora e Muriel defendeu os chutes de Willian Aarão e Rafinha. Hudson e o uruguaio Michel desperdiçaram para o Flu.

Mais cedo, Flamengo e Fluminense também duelaram nos tribunais esportivos, sobre quem teria do direito de transmitir a partida nos canais do youtube do clube, já que a Rede Globo, alegando quebra de contrato, desistiu de exibir as partidas finais do Carioca. Pela recém-publicada (18  de junho) MP 984, o direito de transmissão é de exclusividade do mandante do jogo. Nesta final, em sorteio na Ferj, o Flu ganhou esta condição. O Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) então foi acionado e liberou a FLA-TV a possibilidade de também exibir a decisão. A sentença saiu a quatro horas do espetáculo, mas o Flu ainda teve tempo de recorrer ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) para garantir a exclusividade da transmissão.

A live da FLU-TV chegou a ter mais de 3 milhões de views simultâneos, um recorde no país e no mundo em eventos esportivos. O primeiro jogo desta final e neste domingo, às 16h, com mando de jogo novamente do Fluminense.

- Participe -

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido.