Destaque

Estragos provocados pela chuva levam São Francisco do Itabapoana a decretar emergência

 A Prefeitura de São Francisco do Itabapoana, no Norte Fluminense, decretou situação de emergência nesta segunda-feira (12) por conta dos estragos provocados pela chuva intensa que atingiu a cidade nos últimos dias. Segundo a Defesa Civil, duas pontes caíram na cidade e 26 pessoas estão desabrigadas.
A queda da ponte da RJ-204, que liga o distrito Morro do Coco, em Campos dos Goytacazes, a localidade Deserto Feliz, deixou 150 moradores isolados. Ainda de acordo com o órgão, a força da chuva também danificou estradas, alagou bairros e provocou prejuízos na agricultura e pecuária ao dificultar o escoamento da produção.

A procuradora geral do município, Eliza Abud, explicou quais são os principais objetivos do decreto, que tem validade de 90 dias, podendo ser prorrogado por até no máximo mais 90 dias.

“Com a decretação da situação de emergência, São Francisco terá condições de obter a captação de recursos dos governos estadual e federal, além de mais rapidez nos procedimentos licitatórios para a compra de materiais ou contratação de serviços específicos para amenizar os problemas advindos das chuvas”, ressaltou Eliza.

Segundo o secretário de Meio Ambiente e Defesa Civil, Ilzomar Soares, as principais localidades afetadas pela chuva foram Imburi, Santa Clara, Espiador, Santa Luiza, Ponto de Cacimbas, Deserto Feliz e Gargaú.

“Temos 26 pessoas que ficaram desabrigadas: quatro famílias da localidade de Imburi e duas da Praia de Santa Clara. O município está prestando auxílio com moradia, alimentação, roupas e assistência médica. Prioritariamente os recursos que obtivermos serão utilizados na recuperação de estradas, reconstrução de pontes e no aluguel social”, informou Soares.

“Desde que as chuvas vêm afetando o município estamos empenhados em prestar auxílio aos moradores com ações integradas e a participação efetiva da nossa equipe. Estive pessoalmente na maioria das localidades afetadas e decidimos pelo decreto para agilizar as ações. Estamos atentos e prestando a assistência necessária para minimizar os impactos provocados”, afirmou a prefeitra Francimara Barbosa Lemos (PSB).

Em caso de emergência, a população pode entrar em contato com a Defesa Civil pelos números 199 e (22) 98161-6713.

Fonte: G1.

Comente com o seu Facebook

To Top
error: Conteúdo protegido.