Foto: Divulgação

Os rodoviários das empresas Turisguá, São João e São Salvador vão cruzar os braços a partir das 0h desta quarta(06). Segundo os funcionários, o principal motivo para a paralisação é o atraso do pagamento referente ao mês de fevereiro, e referente ao vencimento na próxima sexta do mês de março.

A situação ainda é mais grave com funcionários da empresa São Salvador, que sequer receberam o pagamento referente a segunda parcela do décimo terceiro.

Segundo informações do sindicato dos rodoviários, a greve é por tempo indeterminado, e só será encerrada após o depósito dos salários atrasados. Com a greve confirmada, apenas 30% da frota dessas empresas devem permanecer circulando, conforme indica a lei de greve.

Vale ressaltar que o problema de atraso de pagamentos para os rodoviários já é um caso constante nos últimos tempos. A principal alegação das empresas era o fato da passagem ser R$ 1,60, valor que segundo as empresas estaria bem abaixo do ideal. Porém, desde o final de 2015 o valor está R$ 2,75, valor que segundo as empresas, seria o valor ideal para cobrir todas as despesas.