Campos

Empresa São Salvador volta, mas sem respeitar itinerário e gratuidades; Até idosos estão pagando passagem

O caos no transporte público de Campos parece de fato que nunca vai chegar ao fim. Dessa vez, a empresa São Salvador, que colocou parte da frota para circular após longo período de greve, é alvo de muitas reclamações dos passageiros. O principal motivo seria a cobrança de passagem de aposentados e estudantes. Os ônibus estão transportando apenas 5 gratuidades por viagem, quem quiser viajar além das cinco gratuidades, deverá pagar o valor integral de R$ 2,75.

Além disso, a empresa não vem cumprindo com prazos e horários em diversas localidades da Baixada Campista. A pratica que já é rotineira, se agrava no atual momento, já que a empresa possui apenas 40% da frota circulando.

Tentamos contato com a empresa, mas até a publicação desta matéria não obtivemos resposta.

PRESIDENTE DO IMTT SE PRONUNCIA

Em nota enviada à nossa redação através da superintendência de comunicação da Prefeitura de Campos, o presidente do Instituto Municipal de Trânsito e Transporte (IMTT), Renato Siqueira, informou que desde a última quarta (07) uma equipe de fiscalização do órgão está verificando as linhas e quantidade de veículos que teriam retornado, segundo a empresa São Salvador.

O trabalho de fiscalização pelos agentes do órgão, é um trabalho diário e contínuo. É importante ressaltar que a paralisação da empresa é considerada ilegal, inclusive, os próprios funcionários levaram o caso ao sindicato, após assembleia realizada em janeiro, para adoção de medidas jurídicas contra a empresa São Salvador.

O IMTT continua tomando todas as medidas necessárias para que o consórcio União, o qual a empresa São Salvador faz parte, atenda plenamente à população. Continua sendo avaliada, também, a possibilidade de caducidade dos contratos, em consequência do não cumprimento do estabelecido em edital.

Comente com o seu Facebook

To Top
error: Conteúdo protegido.