BLOG DO MAYCON VIDAL

Opinião, artigos e bastidores da política

Em meio a crise, IMTT recebe R$ 24,2 milhões para 2020

O orçamento referente a 2020, que foi aprovado em meio a grandes dificuldades políticas do governo, apresenta uma série de particularidades que chamam a atenção quanto à forma como o dinheiro público foi distribuído.

Um dos orçamentos mais curiosos é o do IMTT, presidido por Felipe Quintanilha, o órgão que foi o centro de diversas polêmicas durante o ano de 2019 vai receber para o ano de 2020 incríveis R$ 24,2 milhões.

Não existe um detalhamento dos gastos, mas do orçamento total, pelo menos R$ 16 milhões vão para ‘subvenção econômica’, que ao que tudo indica, será subsídio para as passagens, destinados principalmente para as empresas de ônibus.

O que mais chama atenção é que isso acontece em meio a “crise financeira” anunciada pela prefeitura, enquanto demais pastas importantes para o desenvolvimento regional seguem com orçamentos bem inferiores, como por exemplo, Trabalho e Renda e Agricultura.

Enquanto isso, o IMTT foi alvo de diversas suspeitas em 2019, principalmente em relação a polêmica licitação do novo modelo de transporte, que hoje vigora na cidade

Quintanilha também é secretário de Desenvolvimento Econômico. Pelo visto, na cidade de Campos quem vem se desenvolvendo economicamente é a empresa Anda Campos e algumas empresas de ônibus.

Relacionados

ÚLTIMAS POSTAGENS

error: Conteúdo protegido.