BLOG DO HUGO PEREIRA

Opinião, artigos e bastidores da política

Em Campos, profissionais da educação “pagam para trabalhar”

Não é de hoje que a educação de Campos está com notas vermelhas. Profissionais da educação, sejam eles professores e até gestores das unidades de ensino da rede pública municipal, relatam que precisam dispor de recursos de seu próprio salário para manter o funcionamento básico nas escolas.

Algumas unidades não possuem sequer folhas para atividades, papel higiênico nos banheiros entre outras dificuldades enfrentadas.

Sem o reajuste salarial ao longo do tempo, servidores e colaboradores realizam vaquinhas para conseguir o mínimo para as crianças, e assim executar seus planos de aula.

Com a palavra, a Secretaria de Educação.

 

Relacionados

ÚLTIMAS POSTAGENS

error: Conteúdo protegido.