Elba Ramalho diz que Covid foi criação de comunistas e pede desculpas após polêmica

A cantora Elba Ramalho, 69, resolveu pedir desculpas por conta de uma suposta associação de que a pandemia do novo coronavírus teria sido criada por comunistas para “destruir os cristãos”.

Um vídeo que circula pelas redes sociais mostra a declaração polêmica da cantora. Nas imagens, que viralizaram nesta terça-feira (5), ela, que é cristã, dá mais detalhes da teoria.

- Advertisement -




“Mas tudo bem, estamos aqui, cristãos, sobrevivendo. E vamos sobreviver a essa turbulência que a humanidade está atravessando. Para muitas pessoas é apenas uma pandemia, para nós, o senhor sabe e eu sei, é muito mais coisa por trás dessa pandemia e que vem ainda com o intuito de nos destruir. Nós somos o incômodo, o calo dos comunistas. Somos nós cristãos, mas nós somos também a resistência e vamos permanecer fiéis, porque Deus vai nos proteger”, afirma ela.

Procurada, a artista pediu desculpas e diz que foi mal interpretada. “Fui mal interpretada, existia um contexto de cunho espiritual, as pessoas não entenderam. Sinto muito. Um grande mal-entendido. Minhas sinceras desculpas”, disse ela à reportagem.




MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido.