Eduardo Paes é alvo de busca e apreensão e vira réu em denúncia de corrupção

Ex-prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes foi alvo de um mandado de busca e apreensão na manhã desta terça-feira, em sua casa, em São Conrado, na Zona Sul. O ex-parlamentar foi denunciado pelo Grupo de Atuação Especializada no Combate à Corrupção (Gaeco), junto à 204ª Zona Eleitoral, com mais quatro pessoas. As informações são da GloboNews.

A Justiça aceitou denúncia do Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) e tornou Paes réu pelos crimes de corrupção, falsidade ideológica e lavagem de dinheiro. Os agentes realizaram a ação na casa e, por volta das 7h30, saíram com documentos.

O juiz Flávio Itabaiana Nicolau, titular da 27ª Vara Criminal do Rio de Janeiro, expediu o mandado.
Procurada, a defesa do ex-prefeito ainda não foi localizada para comentar a denúncia.
Candidatura oficializada
Em convenção virtual, o DEM oficializou na última quarta-feira a candidatura de Paes para a Prefeitura do Rio. A vaga de candidato a vice-prefeito ainda é negociada com aliados.
O Cidadania é a única legenda que já tornou oficial o apoio a Paes, que conversa também com outros partidos.
- Advertisement -
- Participe -

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido.