Foi divulgado o balanço do Dia Nacional de Combate ao Aedes Aegypti, nesta segunda-feira (15). A ação ocorreu na última sexta(12) e sábado(13), em Campos, e teve como objetivo principal o combate ao mosquito Aedes Aegypti. Os números trazem uma grande quantidade recolhida e vistoriada, entretanto, nos alerta para a grande quantidade de material que ainda existia nos imóveis, mesmo com toda a campanha sendo realizada no país.

Foram recolhidos mais de 540 toneladas de materiais inservíveis, em cerca de 13.200 imóveis e 225 terrenos baldios. Ao todo, 180 focos encontrados e eliminados, 380 pneus recolhidos e 127 caixas de água teladas.

– O objetivo foi alcançado e foi um sucesso. A ação reuniu cerca de 500 homens de diversos órgãos públicos municipais, 60 soldados do Exército e 120 agentes comunitários de saúde. Eles orientaram a população e distribuíram mais de 22 mil panfletos informativos, alertando quanto ao perigo das três doenças. Agora, contamos com a ajuda da população para continuar mantendo o trabalho da Prefeitura e evitar novos focos – afirmou o vice-prefeito, Dr. Chicão.

Somente no Parque Bandeirantes, Santa Rosa e Custodópolis, por exemplo, mais de 50 ruas e dez terrenos foram trabalhados por cerca de 40 homens, segundo o secretário de Saúde, Geraldo Venâncio. “Em só um terreno do Parque Santa Rosa foram recolhidos três caminhões de materiais inservíveis. Em outro imóvel, atendemos uma denúncia, onde recolhemos mais de mil garrafas pet”, destacou Venâncio em entrevista.

Em Areia Branca, Morro do Coco, foram trabalhadas todas as ruas, onde os agentes recolheram 30 toneladas de material inservível. Em Farol de São Tomé, os agentes recolheram aproximadamente 50 toneladas de lixo. Já na região do Parque Aurora, São Benedito, Capão, IPS e adjacências, 40 caminhões de entulhos e inservíveis foram eliminados. O trabalho prossegue em vários pontos da cidade.

Para os dois dias de mobilização foram utilizados dezenas de caminhões caçamba, retroescavadeiras, caminhões munck, caminhões carrocerias, ônibus, sprinters e viaturas da Guarda Civil Municipal. Além da Secretaria de Saúde e do 56º Batalhão de Infantaria, a Secretaria Municipal de Governo, Secretaria Municipal de Infraestrutura e Mobilidade Urbana, Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esportes, Coordenadoria de Defesa Civil, Superintendência de Limpeza Pública, Superintendência de Comunicação Social, Guarda Civil Municipal, Superintendência de Postura, CCZ, entre outros, participaram dos Dias D.

Comente com o seu Facebook
COMPARTILHAR