BLOG DO GUSTAVO MATHEUS

Opinião, artigos e bastidores da política

Dívida perdoada por Prefeitura pagaria até 20 meses de RPA

Nesta sexta-feira a Prefeitura de Campos irá completar quatro meses de atraso no pagamento dos trabalhadores sob regime de RPA. Não são poucos os relatos de desespero dos trabalhadores, onde em muitas casas falta o básico, como ter o que comer. Os funcionários clamam por uma solução ou um pronunciamento oficial por parte do governo, que segue ausente.

Em meio a todo o caos governamental, na maioria das vezes o prefeito e seus secretários atribuíram a inapetência da atual gestão aos perdulários empréstimos e escândalos de corrupção oriundos de governos passados, seja em dívidas ou “gatilhos” herdados que não foram solucionados, mesmo em 3 anos de governo.

Mas uma atitude do atual comando Executivo demonstra que não existe comprometimento com o cidadão campista. No dia 7 de junho o ClickCampos denunciou com exclusividade que uma dívida milionária do Grupo IMNE, que apoiou Rafael em 2016, na casa dos R$ 100 milhões, foi perdoada pela atual gestão. O valor é tão assustador que daria para quitar até 20 folhas de pagamento de RPAs. Dava para realizar os 12 pagamentos de 2020, os 4 atrasados e ainda sobraria.

O grupo que desgoverna a cidade hoje realmente não herdou uma tarefa das mais simples, mas nada fez para amenizar o problema. Aliás, contribuiu para a derrocada. Rafael não merece ser o único com responsabilidade nos ombros pelo atual momento, mas também não pode tentar se isentar de dividi-la com quem o antecedeu. O prefeito não é vítima nem testemunha. É cúmplice. Será tão ou ainda mais difícil colocar a cidade nos trilhos para quem assumir este trem desgovernado no ano que vem.

 

Relacionados

ÚLTIMAS POSTAGENS

error: Conteúdo protegido.