Motorista é baleado na cabeça na BR-101 e fica com rosto desfigurado

O designer de interiores que foi baleado na noite desta quarta-feira durante uma tentativa de assalto na Rodovia Niterói-Manilha (BR-101) perdeu totalmente a visão do olho esquerdo. Ananias de Oliveira Coelho, de 58 anos, foi atingido no rosto, quando foi abordado com a família na altura do bairro Boa Vista, em São Gonçalo. A mulher dele disse que ele ficou com o “rosto esfacelado”.

“Imagina agora como ele vai reagir quando acordar, sabendo que perdeu a vista?”, ela lamentou, em entrevista à TV Globo. “Estou em choque. Nunca pensei que isso fosse tão real, quanto aconteceu com a gente”.




Ananias estava com a mulher, a filha e o neto em um Toyota Hilux, quando quatro bandidos em um Volkswagen Gol vermelho tentaram fechar a via. O designer tentou fugir da abordagem dos criminosos, quando foi alvo de tiros.

“Eu estou em choque. Eles já saíram com as armas, todos estavam armados. Não deu para ver nada. Só escutei os tiros e os barulhos dos vidros quebrando”, a mulher conta.

LÚCIDO
O homem foi socorrido por agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no Hospital Estadual Alberto Torres, no Colubandê. Apesar do estrago provocado pelos tiros, ele está com o quadro de saúde estável, após passar por duas cirurgias. A Secretaria estadual de Saúde disse que Ananias está lúcido no hospital.

As outras pessoas da família não ficaram feridas. Os bandidos fugiram sem levar nada e o caso está sendo investigado pela 73ª DP (Neves).

“Foi instaurado inquérito policial para apurar as circunstâncias do ocorrido, bem como identificar e prender os autores do crime. Colheita de depoimentos e demais diligências de polícia judiciária estão em andamento”, a Polícia Civil disse, em nota.

- Anúncios -
- Anúncios -

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido.