#SigaOCLICK

-

Defesa Civil realiza reparo emergencial e libera estrada no Farol

Como medida emergencial, a Secretaria de Defesa Civil utilizou pedras e saibro para reforçar as manilhas e cobrir os buracos do trecho próximo à ponte do Canal das Flechas, no Farol de São Thomé. Com a ação desta terça-feira (15), o trecho, que havia sido interditado na última segunda-feira (14), foi liberado para o fluxo de veículos. A solução definitiva para a estrada, que sofre com o processo de erosão, será discutida entre as Secretarias de Defesa Civil; Obras, Infraestrutura e Habitação; Agricultura, Pecuária e Pesca; e Planejamento Urbano, Mobilidade e Meio Ambiente, além do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), nesta quarta-feira (16).

“Essa é uma estrada que liga o Farol de São Thomé a Barra do Furado, em Quissamã. Sabemos da importância dela para os trabalhadores e para a população local. Por isso, de forma emergencial, a pedido do prefeito Wladimir Garotinho, fizemos o reparo da via, cientes de que é uma ação provisória, com intuito de atender às necessidades de todos aqueles que trafegam pelo trecho. Na reunião de amanhã, em que estarão todos os órgãos e pastas envolvidos, discutiremos minuciosamente a solução para este ponto específico”, disse o secretário de Defesa Civil, Alcemir Pascoutto.

- Informe Publicitário -

Outras ações no Farol — A praia campista vem sofrendo um processo de erosão nas últimas semanas, devido à recorrência da ressaca do mar do Farol de São Thomé. Outros dois pontos, ambos na orla, foram diretamente afetados por este fenômeno, típico do período de invernada, são eles: na localidade do Xexé, na estrada que dá acesso ao Açu, em São João da Barra; e na localidade de Gaivota, estrada que liga a Barra Furado, em Quissamã.

No Xexé, a Defesa Civil segue monitorando o processo de erosão da estrada, que vem sendo “engolida” pelo mar. Não houve avanço da erosão nos últimos dias. Ainda assim, a estrada, que está reduzida a menos da metade, continua oferecendo risco aos motoristas e motociclistas. Já em Gaivota, o asfalto chegou a ser coberto pela areia do mar em dias de ressaca, inviabilizando a passagem de veículos. A Defesa Civil fez a retirada de toda a areia e liberou a via, que está com fluxo de veículos normal.

- Informe Publicitário -

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MAIS LIDAS

Leia tambémRELACIONADAS
Destaques

WhatsApp chat