Campos

Dartagnan comprova que comprou veículo sem saber que era roubado e deixa delegacia da PF em Campos

O presidente do Goytacaz, Dartagnan Fernandes, deixou a sede da Polícia Federal de Campos na tarde desta quinta-feira (1°), depois passar mais de um dia detido após ser flagrado com um veículo roubado.

Segundo a defesa do presidente, ele prestou depoimento na Delegacia da Polícia Federal até por volta das 16h de quarta e depois foi encaminhado para a sede da Justiça Federal em Campos, onde foi determinada sua soltura após uma audiência de custódia, que terminou por volta das 20h30. A justiça entendeu que a versão dada por Dartagnan era verdadeira. A defesa alegou que ele havia comprado o carro em uma agência de veículos de Campos. Dartagnan comprovou com documentos da compra, que o veículo foi comprado na agência, inclusive com o nome dos envolvidos na venda.

Após a audiência, o dirigente foi novamente encaminhado à delegacia da PF, onde passou a noite e foi liberado por volta das 16h30 desta quinta, após o alvará de soltura ser expedido.

Comente com o seu Facebook

To Top
error: Conteúdo protegido.