Banner-720x91_1.gif

Covid-19: profissionais de educação podem se vacinar no Rio de Janeiro

-

Informe publicitário

Profissionais da educação do ensino infantil ao superior, das redes pública e privada, podem se vacinar contra a covid-19 na cidade do Rio de Janeiro a partir de hoje (24). A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) havia iniciado a imunização desse grupo no dia 26 de abril, mas a aplicação das doses foi suspensa no dia 7 de maio, após o Supremo Tribunal Federal (STF) conceder uma liminar que questionou a antecipação da vacinação de categorias profissionais em relação ao Programa Nacional de Imunização (PNI).

Como o município informou ter reservadas as doses para os grupos com comorbidade listadas no PNI, de pessoas com comorbidades e com deficiência permanente, será possível prosseguir com a vacinação para os profissionais de educação.

- Informe Publicitário -

Segundo a Secretaria Municipal de Educação (SME), inúmeros profissionais de educação, acima de 50 anos da rede pública e acima de 52 anos do ensino superior e privado, já receberam a primeira dose.

Foram incluídos neste grupo todos os profissionais da educação. Além de professores, podem receber a imunização neste momento as merendeiras, diretores, secretários escolares, administrativos e demais trabalhadores terceirizados que atuam nas unidades escolares, como porteiros e faxineiras.

É necessário apresentar contracheque ou declaração comprovando o vínculo. Hoje, a vacinação será para pessoas com 49 anos ou mais, chegando a 45 anos na sexta-feira.

A Secretaria Municipal de Saúde também começa a vacinar hoje as pessoas em situação de rua, a população privada de liberdade e os funcionários do Sistema de Privação de Liberdade. Para os que têm comorbidades e deficiência permanente, a previsão é que sejam atendidos até sábado.

Hoje, podem comparecer aos postos pessoas com 34 anos pela manhã e com 33 anos na parte da tarde, prosseguindo com esse escalonamento até sexta-feira (28). No sábado, é a vez das pessoas com comorbidade que tenham entre 24 e 18 anos. Quem perdeu o dia, pode comparecer a qualquer momento esta semana.

- Informe Publicitário -

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Informe Publicitário -

MAIS LIDAS

Leia tambémRELACIONADAS
Destaques