fbpx

#SigaOCLICK

Covid-19: Fiocruz participa de estudo internacional com medicamento antiviral

MAIS LIDAS

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) irá participar, a partir da próxima semana, de um estudo com o medicamento Molnupiravir, da farmacêutica MSD. A pesquisa, que está na Fase 3, tem o objetivo de descobrir a eficiência do remédio entre pessoas expostas ao novo coronavírus.

A Fiocruz será responsável por dois dos sete centros no Brasil, o Rio de Janeiro e Mato Grosso do Sul. Até o momento, a pesquisa internacional demonstrou que o medicamento produzido pela MSD com a Ridgeback Biotherapeutics reduziu aproximadamente 50% o risco de hospitalização ou morte em pacientes adultos com Covid-19 leve a moderada.

O estudo é liderado pelos pesquisadores Julio Croda e Margareth Dalcolmo. Para entender a eficácia do medicamento, a Fiocruz irá avaliar pessoas que moram com alguém que testou positivo para a Covid-19 nas últimas 72 horas e que não apresentam sintomas. Durante cinco dias seguidos, os participantes da pesquisa deverão tomar o remédio duas vezes ao dia.

Nesta segunda-feira, o laboratório MSD solicitou a autorização de uso emergencial para o uso do Molnupiravir contra a covid-19 nos Estados Unidos. Segundo o Portal UOl, em um comunicado, a empresa afirmou que ele é “um medicamento antiviral oral experimental, para o tratamento de covid-19 de leve a moderada em adultos que estejam em risco de avançar para covid-19 grave e/ou internação”.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Mais notícias