Covid-19: CDIP aplica 2ª dose da vacina para assistidos a partir de segunda-feira

-

- Siga o nosso Instagram -

O Centro de Doenças Infecto-Parasitárias (CDIP) estará aplicando, a partir desta segunda-feira (10), a 2ª dose da vacina contra a Covid-19 para portadores de hepatites virais e HIV atendidos pelo Centro e que estão no prazo para receber o reforço. Também seguirá com atendimento para 1ª dose vacina é para pessoas com idade acima de 50 anos, além das que vive com HIV, maiores de 18 anos, com CD4 menor que 350.

A vacinação acontece sempre de segunda à sexta-feira, das 10h às 16h. Para tomar a vacina, o assistido deve fazer contato com o CDIP, que fica na rua Conselheiro Otaviano, nº 241, Centro, ou pelo telefone (22) 98175-1647.

“A vacinação é para usuários com HIV, maiores de 18 anos, estando com contagem de linfócitos T CD4 menor ou igual a 350 células/mm3, por serem imunossuprimidos e terem mais chances de desenvolver um quadro grave e chegar a óbito, caso tenha Covid-19, bem como os com HIV e hepatopatias crônicas, ambos com 50 anos ou mais”, explica a coordenadora de enfermagem do CDIP, Paula Alvarenga.

- Informe Publicitário -

O usuário que vai tomar a 1ª dose deve apresentar documento com foto e comprovante de residência. Já os que irão tomar a 2ª dose, é necessário apresentar o comprovante da 1ª dose e documento com foto.

O Centro de Doenças Infecto-Parasitárias (CDIP) estará aplicando, a partir desta segunda-feira (10), a 2ª dose da vacina contra a Covid-19 para portadores de hepatites virais e HIV atendidos pelo Centro e que estão no prazo para receber o reforço. Também seguirá com atendimento para 1ª dose vacina é para pessoas com idade acima de 50 anos, além das que vive com HIV, maiores de 18 anos, com CD4 menor que 350.

A vacinação acontece sempre de segunda à sexta-feira, das 10h às 16h. Para tomar a vacina, o assistido deve fazer contato com o CDIP, que fica na rua Conselheiro Otaviano, nº 241, Centro, ou pelo telefone (22) 98175-1647.

“A vacinação é para usuários com HIV, maiores de 18 anos, estando com contagem de linfócitos T CD4 menor ou igual a 350 células/mm3, por serem imunossuprimidos e terem mais chances de desenvolver um quadro grave e chegar a óbito, caso tenha Covid-19, bem como os com HIV e hepatopatias crônicas, ambos com 50 anos ou mais”, explica a coordenadora de enfermagem do CDIP, Paula Alvarenga.

O usuário que vai tomar a 1ª dose deve apresentar documento com foto e comprovante de residência. Já os que irão tomar a 2ª dose, é necessário apresentar o comprovante da 1ª dose e documento com foto.

- Informe Publicitário -

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Informe Publicitário -

MAIS LIDAS

Leia tambémRELACIONADAS
Destaques