Confusão generalizada em suposto caso de abuso sexual a criança em São Fidélis

Assista o vídeo no final da matéria.

A população de São Fidélis se chocou com um suposto crime de abuso sexual envolvendo uma criança de 7 anos.

- Advertisement -

Segundo a Polícia Civil, o padrasto da criança é o principal suspeito de ter praticado o estupro com o consentimento da mãe da vítima. Informados sobre o caso, os moradores da Vila dos Coroados, invadiram a residência do casal na noite de segunda-feira (9) e espancaram os moradores.

Os próprios suspeitos acionaram a polícia e se esconderam na casa de um vizinho para não sofrerem mais agressões.

Logo após as agressões, os feridos foram encaminhados para o Hospital Armando Vidal, onde foram atendidos sob escolta da polícia. Os moradores foram para frente do hospital protestar contra o casal.

Em seguida, o casal foi encaminhado para a 141ª Delegacia de São Fidélis e os manifestantes também foram atrás pedindo justiça.

A criança foi encaminhada para o Instituto Médico Legal (IML) de Campos para exame de conjunção carnal, onde de acordo com a policia civil, o laudo deu inconclusivo. A mãe e o padrasto também vieram para Campos e fizeram um boletim de ocorrência das agressões e da depredação da casa.

A menina está sobre responsabilidade dos avós paternos, recebendo atendimento psicológico. Apesar do laudo inconclusivo, levantamentos técnicos estão sendo realizados e o caso está sendo acompanhado pelo ministério público e pelo conselho tutelar da cidade.





MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido.