Blogs

Compulsão alimentar X Exagero

Comer um pouco além de vez enquanto é normal. Porém algumas pessoas relatam comer demais devido sofrer de compulsão alimentar. Será mesmo compulsão ou apenas um exagero?

Diferente de comer demais aos finais de semana ou em uma festa, a compulsão é caracterizada pela ingestão de uma grande quantidade de alimentos em um curto período de tempo (até 2 horas) mesmo na ausência da fome, com a sensação de perda de controle e muitas vezes comendo sozinho, escondido, por vergonha, até se sentir extremamente cheio. É um distúrbio do cérebro que precisa de tratamento e pode ter como consequências o risco de ganhar peso em excesso e diminuir a  autoestima, além de um profundo sentimento de culpa a cada novo ciclo que ocorrer esses episódios.

Muitas vezes o excesso de privações alimentares gerados por dietas altamente restritivas é uma das principais causas para o risco de desenvolvimento desse distúrbio. Problemas com a aparência, relacionados a imagem corporal e a dificuldade em lidar com questões emocionais são alguns dos gatilhos que também podem desencadear o quadro de compulsão, não conseguindo mais comer de forma tranquila, podendo até desenvolver transtornos alimentares.

Algumas estratégias são necessárias para a prevenção desse distúrbio:

  • Não se prenda a dietas muito restritivas, elas irão te levar a quadros de obsessão por alimentos “proibidos”e comê-los será uma como uma recompensa para o seu cérebro.
  • Escute o seu corpo e os sinais que ele te envia, sabendo diferenciar fome de vontade de comer.
  • Coma melhor, não menos. Comer bem não é restringir quantidades, é ter a liberdade de comer sem culpa, sem restrições, com prazer, escutando as suas emoções e a sua fome. Saiba escolher alimentos saudáveis.
  • Pratique a atenção plena ao se alimentar. Estar presente no momento da refeição e concentrar a sua atenção nesse ato, reduz a impulsividade ao comer.
  • Saciou, parou. Coma para se sentir saciado e não “cheio”.
  • Planeje sua semana. Uma boa organização facilita na realização das refeições semanais.

Para tratar a compulsão é necessário o acompanhamento de profissionais de saúde especializados, contando com uma equipe multidisciplinar constituída por médico, psicólogo e nutricionista.

Comente com o seu Facebook
Compulsão alimentar X Exagero

To Top
error: Conteúdo protegido.