Com volta de Neymar e Mbappé, PSG tem revanche para reagir na Liga dos Campeões

Correndo risco de se despedir da Liga dos Campeões ainda na fase de grupos, o Paris Saint-Germain conta com os retornos de Neymar e Kylian Mbappé na revanche contra o RB Leipzig, às 17 horas desta terça-feira (horário de Brasília), na capital francesa. A rodada também tem Barcelona, Juventus e Manchester United em campo nesta tarde.

No Parque dos Príncipes, a dupla de ataque voltará ao time pela competição europeia após ser desfalque justamente na derrota para o mesmo RB Leipzig por 2 a 1, na rodada passada, no dia 4. O resultado complicou a vida dos franceses no Grupo H. O PSG é o terceiro colocado, com apenas três pontos em três jogos. Ou seja, um novo tropeço colocará atuais vice-campeões europeus em situação delicada na briga pela classificação.

- Advertisement -

Por isso, Neymar e Mbappé serão a esperança de um desfigurado PSG nesta terça. O técnico Thomas Tuchel tem uma série de desfalques para o importante duelo: os defensores Thilo Kehrer, Presnel Kimpembe e Juan Bernat (Marquinhos será titular), os meias Marco Verratti e Julian Draxler e o atacante Mauro Icardi.

Se a defesa preocupa em razão das baixas, o ataque é motivo de apreensão em razão do fraco aproveitamento exibido por Neymar e Mbappé antes de suas respectivas lesões – eles voltaram ao time no fim de semana, na inesperada derrota, de virada, para o Monaco, por 3 a 2.

O atacante brasileiro passou em branco em seus últimos cinco jogos pela Liga, enquanto Mbappé falhou nas últimas sete partidas pela competição continental. “Se jogadores como Mbappé e Neymar não marcarem, seremos afetados. Eles têm um grande impacto no time. São os jogadores principais e espero que marquem gols amanhã”, admite Tuchel.

Mas o treinador reconhece que Neymar estará longe do seu 100% nesta terça. “Ele está em sua melhor forma? Não, mas ele pode dar conta de um jogo como esse. Neymar tem a capacidade e a autoconfiança para fazer gols”, projeta.

Do outro lado, o técnico Julian Nagelsmann espera por um PSG ofensivo. E garante estar preparado para tanto. “Neymar e Mbappé custaram o dobro de todo o nosso time, mas o que importa para a gente é vencer e ficar à frente deles na tabela”, afirma o treinador. O time alemão ocupa o segundo posto da chave, com seis pontos.

Na liderança está o Manchester United, também dono de seis pontos. O time inglês começou bem na Liga dos Campeões, mas sofreu uma inesperada derrota para o modesto Istanbul Basaksehir por 2 a 1, na rodada passada. Ao mesmo tempo, vem decepcionando no Campeonato Inglês, o que coloca em risco o emprego do técnico Ole Gunnar Solskjaer.

Por essa razão, o novo duelo contra o time turco é importante tanto para a equipe quanto para o treinador. “Vamos buscar a vitória, mas não apenas a vitória. Queremos exibir uma boa performance porque temos muitos jogos pela frente. E aquela derrota na rodada passada foi uma grande decepção”, admite Solskjaer.

 




MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido.