Ceni diz que campeão será conhecido só na última rodada do Brasileirão

Rogério Ceni admitiu que seu Flamengo terá uma decisão com o Internacional na próxima rodada, domingo, no Rio de Janeiro, pela 37ª e penúltima rodada do Brasileirão. A diferença entre ambos é de um ponto, mas o técnico do time carioca pregou cautela ao lembrar que o título só será alcançado em caso de novo bom resultado na sequência da competição, diante do São Paulo, no Morumbi, na última rodada.

Ele treinador ressaltou que erros podem acontecer durante uma partida, mas rechaçou a possibilidade de falta de foco de seus jogadores no confronto com o rival gaúcho, novamente no Maracanã. Se ganhar do Inter, o Fla assume a ponta e faz contra o São Paulo o jogo do bicampeonato.

- Advertisement -




“Esses atletas já são experientes em situações como essas, viveram muito isso nos últimos dois anos. O foco não será perdido, será mantido”, disse Ceni. “Vamos recuperar esses jogadores até terça-feira e começar um trabalho mais forte para o Inter. Foco é algo que não falta aqui. Pode acontecer de em um jogo ceder o empate, mas não é por foco, é por erro. A gente bate em todos os adversários, como foi diante do Corinthians, mas pode acontecer um erro”, alertou para depois afirmar que seus jogadores sabem o que têm de fazer. “Mas é um time que tem cabeça no lugar, pés no chão. A gente entende a felicidade, a euforia do torcedor, mas é uma decisão que começa no Maracanã e, Deus queira, termina no Morumbi.”

Para efetivar a vantagem na luta pelo Brasileirão, o Flamengo entrará em campo, no próximo domingo, com a obrigação de vencer o líder Inter. Reconhecendo a pressão, Rogério Ceni afirmou que, independentemente do jogo, sua equipe jogará para ganhar.

“Nosso time joga em busca da vitória sempre. O Flamengo não sabe jogar para empatar. Desde sempre, é um time que joga ofensivamente. Jogar pela vitória não é novidade, mas ser obrigado a vencer é uma pressão a mais. Aqui no Flamengo, independentemente da situação, jogamos sempre pela vitória”, disse.

O empate também leva a decisão do Brasileirão para a última rodada, a 38ª, mas se isso acontecer, o Inter manterá a ponta e dependerá de suas forças para se sagrar campeão nacional.

Sobre as situações de Arrascaeta e Gabriel, que sentiram lesões durante o jogo, Ceni não se mostrou preocupado e espera contar com os atletas para o jogo decisivo de domingo. “O Arrascaeta já vinha com uma dor. Fez tratamento na concentração. Além do cansaço, vêm as dores. O Gabriel sofreu uma entorse, mas acho que não teremos problemas para o domingo”, acredita. “Os dois devem estar recuperados. Vão demorar um pouquinho mais para recuperar, mas têm a semana inteira para treinar.”




MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido.