BLOG DO MAYCON VIDAL

Opinião, artigos e bastidores da política

Carnaval fora de época custou R$ 500 mil aos cofres municipais

No dia 23 de janeiro de 2018, foi amplamente divulgado nas redes sociais e na mídia local que o Carnaval de Campos passaria ser chamado de “Campos Fest”, onde seria 100% financiado pela iniciativa privada. No dia 28 de Março daquele mesmo ano, também foi divulgado que o Carnaval seria custeado 100% com apoio da Lei Rouanet.

Em meio a muitos acordos e desacordos durante o ano de 2018, no dia 14 de dezembro a Prefeitura de Campos publicou em Diário Oficial um chamamento público, onde aguardava propostas da iniciativa privada para financiar o carnaval de Campos, que seria realizado pela FCJOL e ABOIPIC.




Mas ao que parece, o evento teve a maior parte da sua verba oriunda do poder público. O Portal da Transparência registra o pagamento de R$ 500 mil, dividido em duas parcelas que foram pagas nos dias 04/06 e 18/06, para a ABOIPIC.

É importante destacar que além da ajuda financeira para a ABOIPIC, também existe a estrutura de som, efetivo atuando no local, custos operacionais e logísticos, entre outros gastos para o município que possivelmente beiram a casa de R$ 1 milhão no total.

Nas redes sociais infelizmente o evento se tornou disputa política, desvirtuando o tema central do evento, mas levantou importantes questionamentos. O Carnaval tem a sua importância e os carnavalescos merecem todo o respeito, mas ele trouxe algum retorno financeiro e/ou cultural para o município que vale o investimento de ao menos R$ 500 mil? Era uma real prioridade do município no momento? A crise é realmente tão aguda como o Prefeito diz ser?

Confira abaixo os pagamentos realizados:

Relacionados

ÚLTIMAS POSTAGENS

error: Conteúdo protegido.