Campos voltará a ter voos para a Capital

O Aeroporto Bartolomeu Lisandro recebeu, nesta quinta-feira (12), a retomada dos voos da empresa Azul, que estavam suspensos desde de março deste ano, por conta da pandemia do novo coronavírus. A volta das operações é mais um fruto da parceria público-privada, entre a Prefeitura de Campos e a concessionária, que garantiu a revitalização do aeroporto e a construção de um novo terminal de passageiros com padrões entre os maiores do Brasil e seguindo todos os protocolos de segurança à saúde.

A retomada das atividades comerciais foi acompanhada de perto por algumas autoridades, entre elas o assessor especial da companhia, Ronaldo Veras, que chegou a Campos no primeiro voo do dia, por volta das 7h50.

- Advertisement -

O assessor especial da presidência da Azul disse que fez questão de acompanhar de perto a retomada das atividades da companhia no município, visto por ele como estratégico. Ao conhecer o novo terminal misto de passageiros, que fica a pouco metros do antigo prédio de embarque, Ronaldo afirmou ter ficado surpreso com a estrutura.

“Parabéns aos nossos parceiros pela estrutura. A última vez que eu vim aqui foi no terminal antigo, e é um prazer muito grande ver o que estou vendo agora. Na retomada das atividades da nossa companhia, confesso a vocês, que Campos foi uma das primeiras cidades que nós pensamos, porque tem um potencial extremamente interessante, uma representatividade para o estado do Rio de Janeiro elevadíssima”, destacou Ronaldo Veras.

A praticidade de ter o voo comercial de volta agradou a passageira Maria das Graças Ramalho de Souza, que a acompanhada do filho Gabriel, de 5 anos, embarcou na manhã desta quinta para o Rio, de onde seguiria para seu destino em Brasília. “Eu venho para Campos todo ano para visitar minha família e desta vez tive que vir de avião até o Rio e depois pegar um ônibus. Ter a volta destes voos é muito importante, facilita bastante”, comentou a passageira.

Novo terminal entre os maiores do país

De acordo com Cipriano, a retomada do voo comercial no novo terminal de passageiros reforça o compromisso da concessionária responsável pela unidade com os padrões de qualidade técnica e de segurança, que colocam o Aeroporto Bartolomeu Lisandro entre os maiores do país.

– Desde o início de 2019, o Aeroporto Bartolomeu Lisandro vem se modernizando, com padrões de qualidade técnica e de segurança. Nos voos comercias, são dois pousos e duas decolagens diariamente. Mas este novo terminal atende também os usurários dos voos offshore. Ele tem 1.200 metros quadrados, enquanto o antigo funciona em 560 metros quadrados. Além de maior funcionalidade e conforto, o espaço se preocupa com sustentabilidade – destacou o superintendente.





MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido.