BLOG DO FABRICIO NASCIMENTO

Opinião, artigos e bastidores da política
ClickCampos.com/Fabricio

Câmara de Campos concede Medalha da Cidade in memorian de Gil Vianna

Durante sessão ordinária nessa terça-feira (23), o plenário da Câmara Municipal aprovou, por unanimidade, a concessão da Medalha Cidade de Campos, in memoriam, ao deputado Gil Vianna, morto em 19 de maio de 2020, vítima da Covid-19. A proposta foi do presidente da Casa, Fábio Ribeiro. Durante discussão do projeto, diversos parlamentares subiram à tribuna para homenagear o deputado e, também, ressaltar a importância do trabalho do vereador Bruno Vianna, filho de Gil, dentro do Legislativo campista, lugar que Gil Vianna ocupou uma cadeira durante dois mandatos. Ao final da votação, o presidente pediu a quebra do protocolo para uma salva de palmas no plenário em homenagem à memória do deputado.
Em seu discurso, o presidente Fábio Ribeiro destacou que, por conta da emoção, falar de Gil Manhães Vianna Júnior seria uma tarefa fácil, mas, ao mesmo tempo, difícil.
–  Conheci Gil Vianna em 2004. Ele era candidatado a vereador pela mesma coligação que eu. Desde então, surgiu ali uma simpatia, uma harmonia entre nós. Gil foi eleito vereador em 2008, e eu era secretário de Administração. Fui visitar algumas UBS’s na Baixada e convidei o vereador, representante da Baixada naquela ocasião, para que estivesse comigo. Parece que foi Deus que nos colocou naquele carro. Gil falou dos seus sonhos, sonho de estar ocupando a cadeira na Assembleia estadual para defender uma bandeira, a bandeira da pessoa com deficiência. Hoje, por obra de Deus, aqui nesta Casa volto a ser vereador e com seu filho, Bruno Vianna –  disse Fábio.
Ainda durante sua fala na tribuna, o presidente da Câmara ressaltou o trabalho em prol da pessoa com deficiência, iniciado por Gil, e continuado pelo seu filho, vereador Bruno Vianna, além das ações desenvolvidas por outros parlamentares em benefício da causa.
–  Deus está agindo. Nós temos muito o que fazer por essa bandeira, a bandeira do deputado Gil Vianna, bandeira do meu amigo Gil Vianna. Por isso, resolvi fazer essa homenagem em memória, porque nós temos que lembrar daquele que estava ao lado do povo – enfatizou o vereador.
Segundo a subir no plenário para homenagear à memória do deputado Gil Vianna, o vereador Helinho Nahim, além de relembrar histórias vividas com Gil, disse que, naquele momento, queria falar para o amigo Bruno Vianna.
– Bruno, tenha a certeza que o seu pai foi um grande homem, e nada vai apagar o grande homem que foi. E pode ter certeza que ele tem muito orgulho do filho dele, porque o filho dele vai fazer o caminho dele, e sempre voltado para o que ele aprendeu do pai. Então, quero deixar claro que foi, sim, um grande deputado, um grande vereador e, acima de tudo, um grande ser humano, o nosso querido amigo bacana, Gil Vianna – falou Helinho.
Parlamentar do mesmo partido do vereador Bruno Vianna, PSL, Nildo Cardoso também estendeu às homenagens ao filho de Gil Vianna.
– Eu quero me dirigir a você, Bruno. Você não é o seu pai aqui dentro, mas você se assemelha muito com as atitudes do seu pai aqui dentro. Quero dizer que o seu pai, de onde ele estiver, ele se orgulha do filho que você é, do cidadão que você é, da pessoa que você é. Que vossa excelência possa desempenhar um papel que vai orgulhar muito o seu pai, que está diante de Deus – disse Nildo.
Edil mais antigo da Casa, que também esteve ao lado de Gil na Câmara de Campos, o vereador Abdu Neme resumiu sua homenagem falando sobre Bruno Vianna: “A minha maior admiração por ele, é o filho que ele tem. Eu conheço você a pouco tempo, vossa excelência, que eu faço questão de manter essa hierarquia, é um menino maravilhoso”.
Muito emocionado, o vereador Bruno Vianna subiu à tribuna e pediu para quebrar os protocolos, já que iria falar sobre sua maior referência, seu pai Gil Vianna.
– Vocês resumiram aqui o que foi um pouco do Gil Vianna. Eu lembro que, logo depois que eu venci a eleição, eu vim aqui falar com Rose (funcionária antiga da Casa). Quando eu bati aqui, as lembranças eram marcantes. As fotos, as placas aqui na Casa. E realmente a história dele é uma história maravilhosa. Eu costumo dizer que o meu pai realizou tudo que ele quis. E o seu maior sonho era ser deputado estadual – disse o parlamentar, que acrescentou: “ O meu pai entrou na política por causa da minha irmã Grabriella, e hoje eles estão juntos lá no céu”.
Bruno destacou a honra e a responsabilidade de estar ocupando uma cadeira na Casa, sendo filho de Gil Vianna, um político que deixou um grande legado.
– É uma missão difícil estar aqui como filho de Gil. Realmente, como os vereadores falaram, eu nunca serei o Gil Vianna, porque o Gil era único. Ele viveu histórias únicas, momentos únicos. Mas se eu tenho alguma referência na minha vida, se eu deito na minha cama à noite e choro, oro a Deus, eu também oro pedindo ao meu pai que me dê direção. Eu sonho como seria a presença dele aqui. Não estou tendo a oportunidade de ter a presença física dele aqui hoje, mas quando vejo os nobres vereadores falando, me remete ainda mais o grande homem que ele foi. Te agradeço, pai, de onde estiver, pelo filho que você criou e pela educação que você me deu. Te representar aqui é uma missão muito grande, diria que quase impossível. Mas, com certeza, a maior honra que eu poderia ter é ser seu filho e te representar nesta Casa”, finalizou o vereador.
- Advertisement -

Relacionados

ÚLTIMAS POSTAGENS