Câmara de Cabo Frio cria CPI para investigar a ENEL

A Câmara dos vereadores de Cabo Frio aprovou a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para avaliar a qualidade da prestação de serviços da Concessionária de Energia elétrica ENEL. O requerimento de autoria do vereador Rafael Peçanha (PDT) foi aprovado por unanimidade.

A comissão foi instaurada utilizando como base as diversas reclamações de prejuízos à população por conta da precariedade dos serviços prestados e também devido as constantes quedas e oscilações de energia. Na justificativa do requerimento o autor também menciona um suposto aumento excessivo nas contas de luz, aparentemente reajustadas acima da taxa de inflação.




Segundo o vereador autor o objetivo é apurar as denúncias para avaliar a incompatibilidade dos valores supostamente excessivos cobrados com o serviço prestado pela concessionária. “Vamos ajudar a elucidar e melhorar essa questão. O povo está cansado de gastar, gastar e gastar sem ter esses serviços do modo que é merecido,” destacou Peçanha.

A indicação dos vereadores que irão compor a comissão será feita por ato da presidência da casa legislativa nos próximos dias. O presidente e o relator serão escolhidos  na primeira reunião agendada pelos indicados. Depois disso, os integrantes terão 90 dias, com possibilidade de prorrogação por mais 90 dias, para concluir as investigações.

- Anúncios -
- Anúncios -

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido.