Bruno Dauaire também quer atirar, a mira é a recuperação financeira do Rio

O Estado do Rio de Janeiro faliu e sobrevive com ajuda de aparelhos para evitar sua piora financeira, depois de anos de roubalheira desmedida por governantes que passaram pelo palácio das laranjeiras.

Por estar hoje em Regime de Recuperação Fiscal, o Estado não pode conceder benefícios fiscais que possam comprometer suas finanças. Diante disso, na sessão desta tarde na ALERJ, o Deputado Bruno Dauaire  estendeu a isenção de ICMS  na compra de armas de fogo, já em vigor para policiais, a servidores do Degase. A emenda proposta já foi aprovada por aclamação e depois, novamente, em votação nominal, o que vai contra o regime de recuperação em exercício.

Por conta desta emenda do deputado, o projeto ainda voltará ao plenário para votação da redação final. Se a emenda for aprovada, teremos tragédia financeira pela frente.

É tudo pelo tiro, que desta vez pode sair pela culatra e custar a paz financeira de muitos servidores e serviços públicos do Estado. Afinal, os deputados não confiam na segurança pública estadual?

- Anúncios -
- Anúncios -

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido.