BLOG DO FABRICIO NASCIMENTO

Opinião, artigos e bastidores da política
ClickCampos.com/Fabricio

Baixarias e ataques marcam debate da Record

O eleitor que esperava o debate da Record, realizado nesta quinta-feira (26), para definir seu voto, talvez tenha decidido a não ir as urnas no próximo domingo. Em um show de ataques, baixarias, ofensas e ilações, os candidatos Wladimir Garotinho e Caio Vianna esqueceram as propostas e partiram para o ‘mano a mano’.

Em contrapartida, quem assistiu apenas por entretenimento, aí sim, teve a diversão  da tarde garantida. Em alguns momentos poderia ser considerado uma ‘rinha de candidato’ e não um debate eleitoral.

- Advertisement -




Caio, o menino que só briga no GTA, aceitou ser chamado de desempregado, sem experiência, aceitou ouvir que seu pai está inelegível há quase 20 anos por irresponsabilidades e até mesmo aceitou ser chamado de aliado de Rafael Diniz. Mas quando Wladimir disse que o candidato do PDT não morava em Campos, ai foi demais, o moço chegou a pedir até direito de resposta pela ‘ofensa’, que foi negado pela equipe da Record.

Já Wladimir parece lidar com as críticas e ofensas melhor do que Caio, sem ficar nervosinho. São tantos anos sendo comparado com o pai, que o moço parece ter se acostumado, tanto que, vejam só, disse ter orgulho de ser um Garotinho. Cada um com seus orgulhos, não é mesmo?

Do lado de fora da emissora, torcidas organizadas – ou grupos políticos – trocavam ofensas e gritos de guerra que eram endossados em cada confronto que acontecia nos estúdios da emissora. Ainda nesta quinta-feira, as 20h, os dois participam do debate da Folha da Manhã. Nesta sexta, também irão participar de um novo debate na InterTV.




Relacionados

ÚLTIMAS POSTAGENS

error: Conteúdo protegido.