BLOG DO MAYCON VIDAL

Opinião, artigos e bastidores da política

Auxiliadora para Marcão: Deveria se preocupar com o povo com fome, desabrigado, desempregado e frustrado com Rafael Diniz

Uma discussão tem tomado grandes proporções entre figuras importantes da política campista. Tudo começou com uma nota de repúdio do vereador licenciado e atual secretário de desenvolvimento humano e social, Marcão Gomes (PR), em razão de um trecho de uma fala do deputado federal Wladimir Garotinho (PSD).

Na sequência o presidente do partido de Wladimir, o ex-vereador Fábio Ribeiro, se pronunciou em defesa do parlamentar, justificando que Marcão havia tirado a fala de Wladimir de contexto, além de fazer diversas críticas ao governo. Marcão imediatamente respondeu, atacando Fábio e o chamando de incompetente.




Agora foi a vez da ex-vereadora Auxiliadora Freitas entrar entrar na discussão, publicando uma nota em suas redes sociais, chegando a dizer que Marcão deveria se preocupar com o povo, que segundo ela está com fome, desabrigado, desempregado e frustrado com toda esperança depositada em Rafael Diniz.

Veja a nota na íntegra:

“Marcão não teria respondido a Fábio Ribeiro se, politicamente, o povo estivesse satisfeito com o governo Rafael Diniz e se comportando de forma compreensiva no que se refere ao fim de importantes programas sociais, como, especificamente, o restaurante popular.

A verdade a que Marcão diz falar e incomodar nada mais é do que a sua opinião. A opinião de quem se elegeu vereador e presidente da Câmara na sombra da onda de popularidade que se criou em torno da figura do prefeito Rafael Diniz e que, mesmo debaixo de seu guarda-chuvas e com toda estrutura da máquina administrativa do município, não conseguiu se eleger deputado federal. E mais: perdeu para Wladimir em Campos mesmo com toda estrutura da prefeitura lhe servindo eleitoralmente, chega a ser ridículo, diante de um candidato que teve o seu pai e líder político banido do processo eleitoral na semana da eleição.

Marcão deveria, neste momento, se preocupar com a verdade do povo. Que está com fome, desabrigado, desempregado e frustrado com toda esperança depositada em Rafael Diniz.

Falo com a autoridade de quem jamais esteve relacionada a nenhuma denúncia de corrupção enquanto secretária municipal , presidente da fundação teatro Trianon e nos 4 anos em que fui vereadora.
Além de ter a consciência tranquila para afirmar que o grupo político de quem eles tanto fazem ilações pode errar em encaminhamentos de políticas públicas que podem não ter a aprovação de 100% das pessoas, já que unanimidade é burra, mas que não erra em princípios no uso do dinheiro público de forma patrimonialista. Ninguém mudou seu padrão de vida com a política.

É chegado o momento do governo Rafael reconhecer a verdade: vocês não cumpriram o que prometeram àqueles que acreditaram em suas promessas

Campos e seu povo está sofrendo. Há cerca de dois anos e meio com um orçamento de 2 bilhões e duzentos milhões, maior do que capitais do Brasil e nada é feito. É muito dinheiro.

A gestão pública de nossa cidade tira programas importantes numa época de recessão promovendo a indignidade da população que necessita de proteção social. O dinheiro não circula, os órgãos de controle das gestões como TC, MP vêm diariamente promovendo suspenção de licitações em diversas áreas das políticas públicas do governo , por indícios de superfaturamentos .

E o governo insiste em promover um discurso inalativo do passado para justificar sua incompetência .

Apenas discursos , sem provas efetivas de nada que falam .

A pouco tempo MPF declarou , no processo em que o prefeito entrou contra a tão propalada ” venda do futuro” que nenhum dano foi promovido aos cofres públicos e que tudo foi feito na legalidade.

Gostaria muito de ver minha cidade estar sendo administrada e realizando pelo menos 10% do que foi feito no governo da prefeita Rosinha. Essas realizações estão escritas na nossa história . Não são falácias. Estão materializadas nas obras físicas e humanas deixadas.

São dezenas de creches e escolas modelos, bairros legais saneados, conjunto Habitacionais tirando cerca de 30 mil pessoas das áreas de riscos, programas de proteção social com milhares de cidadãos beneficiados, ônibus novos e que são os que atendem a população até hoje, perimetrais, remédios, vacinas, novas UTIs e leitos pediátricos e de adultos, dinheiro circulando na cadeia produtiva, museu da cidade, centro histórico , valorização do servidor, melhoria dos índices do IDEB na educação , enfim foram intermináveis atendimentos estruturantes que transformaram a vida das pessoas e a beleza da cidade .

Então , trabalhem para o povo, arregacem as mangas e mostrem para que vieram já que até agora só promoveram ilações e não efetivação de políticas para alavancar o desenvolvimento e crescimento de nossa Campos.”

Relacionados

ÚLTIMAS POSTAGENS

error: Conteúdo protegido.