Aulas presenciais podem retornar na próxima semana no Rio

Um dia após a retomada de todas as atividades econômicas no Rio e o anúncio de liberação voluntária para a volta às aulas na rede municipal, a Secretaria Municipal de Educação anunciou, nesta quarta-feira, que haverá reuniões com professores, conselhos de pais e responsáveis, direções de unidades e coordenações regionais para alinhar sobre o retorno das atividades presenciais nas unidades de educação do município.
No entanto, o Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação do Rio de Janeiro (Sepe RJ) criticou a decisão da Prefeitura e ressaltou que a reabertura das escolas e creches municipais pode colocar em risco a vida da comunidade escolar.
De acordo com informações da Secretaria Municipal de Educação do Rio, está sendo planejado com os coordenadores regionais de Educação como será o retorno das aulas presenciais no 9º ano da Rede Municipal e também no último ano do Programa de Educação de Jovens e Adultos no Ensino Fundamental. Em nota, a secretaria ressaltou que, como foi explicado pelo prefeito na entrevista coletiva da última terça-feira, a volta às aulas nas escolas e creches municipais será voluntária.
“Isso é uma irresponsabilidade do prefeito Crivella. Vários países da Europa estão enfrentando a segunda onda da pandemia com a multiplicação do número de casos e da procura por leitos hospitalares, o que provoca novamente o fechamento e a volta da restrição na circulação das pessoas. O Brasil, que ainda sofre com a primeira onda da Covid, certamente não pode relaxar neste momento e as autoridades tem o dever de assegurar a segurança da saúde da população, não permitindo o aumento da circulação nas ruas representado pela volta dos alunos às escolas.”, disse o Sepe RJ.
O sindicato ainda reafirmou que os profissionais de educação da rede municipal do Rio deliberaram em assembleia, realizada no final de julho, entrar em greve pela defesa da vida e contra a volta presencial às escolas enquanto a pandemia não estiver devidamente controlada.
Fonte: ODia




- Advertisement -

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido.