fbpx

#SigaOCLICK

Ator de ‘Emily in Paris’ diz que ‘ser famoso é a pior coisa que pode acontecer’

MAIS LIDAS

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O modelo e ator Lucas Bravo, 33, conhecido por seu trabalho como Gabriel na série “Emily in Paris” (Netflix, 2020), afirmou que está preocupado de que sua beleza interfira na chance de interpretar papéis mais complexos, que vão além das aparências.

“Você não pode ser esteticamente bonito e ser inteligente ou ter profundidade. Continuei recebendo papéis como o de professor de ginástica idiota”, desabafou Bravo em uma entrevista ao jornal The Times. “É difícil quebrar essa imagem. Não estou reclamando, é claro, mas é uma realidade”, completou.

- Advertisement -

Além disso, o ator afirma que ter se tornado uma celebridade trouxe muitos desafios. “Eu sou essa coisa objetificada da noite para o dia”, disse ele, acrescentando que ao se tornar um galã, ficou “muito autoconsciente. Porque quando você pensa sobre essa palavra e as pessoas que ela encapsula, você sempre vê uma pessoa saudável e bonita –e eu não sou isso”.

O artista francês esclarece que a forma que a sociedade enxerga os galãs faz com que “as pequenas coisas que definem quem você é e o tornam humano” sejam percebidas como falhas. “Acho que ser famoso é a pior coisa que pode acontecer com você. É apenas fumaça. Não significa nada”, completou.

Porém, no fim da conversa, ele brinca que isso pode ser apenas seu lado Francês falando mais alto. “Sou parisiense e reclamamos o tempo todo. Esta é a nossa religião”, brincou ele. “Discordamos e às vezes isso cria uma revolução e às vezes é apenas um ano de jaquetas amarelas sem conclusão.”

A segunda temporada de “Emily in Paris” foi disponibilizada em 22 de dezembro ao público, na Netflix. A renovação da série já havia sido confirmada em novembro do ano passado, após o sucesso da primeira temporada. As gravações da nova temporada foram anunciadas em maio.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Mais notícias