BLOG DO MAYCON VIDAL

Opinião, artigos e bastidores da política

Atiradores do governo mudam o foco

Até a última semana não era segredo para ninguém que a intenção da equipe de Rafael Diniz era atacar o pré-candidato a prefeito Wladimir Garotinho, buscando uma polarização na eleição de 2020, assim como foi a polarização da direita x esquerda em 2018 na eleição presidencial, para então a máquina ter alguma chance na disputa eleitoral do que vem. No entanto, parece que a estratégia mudou.

Nos últimos dias assessores e pessoas nomeadas no governo com cargo de DAS, seguem atacando incansavelmente o pré-candidato a prefeito Caio Vianna. O motivo seria o resultado de pesquisas internas, que mostram um crescimento do filho de Arnaldo nos últimos meses. Além do crescimento, Caio teria a menor rejeição entre os três principais nomes na disputa.




No entanto, o tiro pode sair para o lado errado. Ao definirem Caio como o adversário a ser batido, ao mesmo tempo podem dizer que no momento Caio é o personagem forte do tabuleiro, que caso não seja neutralizado agora, poderá dar trabalho mais na frente. Isso faz com que naturalmente Caio conquiste mais aliados, já que todos vão entender a sua possível força.

Na esperança em tentar fazer a eleição do ano que vem parecer com o pleito presidencial de 2018, é importante lembrarmos do papel da máquina naquela disputa. Michel Temer com rejeição recorde, desistiu da disputa e preferiu chamar o Meirelles. Esse por sinal, gastou rios de dinheiro e teve menos votos que Daciolo.

Antes de atacar adversários, é melhor o governo pensar em quem vai ser o Meirelles da vez.

Relacionados

ÚLTIMAS POSTAGENS

error: Conteúdo protegido.