Após flagrar traição, sargento da PM agride a mulher policial civil dentro de delegacia

Um sargento da PM agrediu a mulher, uma policial civil, dentro da delegacia de Teresópolis, na Região Serrana, depois de uma suposta traição. O caso aconteceu no último dia 25 quando o militar invadiu a 110ª DP e teria flagrado a companheira com o amante fazendo sexo.
O caso foi noticiado pelo jornal “Extra”A reportagem conta que o PM teria dito em depoimento à corregedoria da Polícia Militar que chegou à janela do local onde estava a mulher e o amante, que seria também policial civil, e ouviu gemidos da companheira durante um ato sexual. Ele admitiu ter dado um soco na vítima.
A 110ª DP (Teresópolis) instaurou um inquérito para apurar o crime de violência doméstica praticado pelo PM dentro da delegacia contra a policial civil. Além da agressão, o oficial teria ainda instalado um dispositivo no celular da vítima para monitorar as conversas dela em aplicativos de mensagens.

Segundo o delegado Bruno Gilaberte, titular da delegacia, foi solicitado ao 30º BPM (Teresópolis), onde o policial é lotado, a apresentação do PM à Civil, mas eles entenderam que se tratava de um crime militar e encaminharam o policial para a Delegacia de Polícia Judiciária Militar (DPJM), onde ele prestou depoimento.

As investigações da delegacia também vão apurar a invasão de dispositivo informático contra o autor da agressão, além do crime de violência doméstica de outro policial militar que acompanhava o agressor, viu o fato e não socorreu a vítima.
- Anúncios -

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido.