Eleições 2018

Após facada no fígado, Bolsonaro passa por cirurgia. Veja vídeo

O candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, foi atingido nesta quinta-feira por uma facada e retirado por seguranças do local onde fazia campanha, em Juiz de Fora. No momento do ataque, o deputado

Bolsonaro estava sendo carregado por apoiadores quando fez uma expressão de dor e foi retirado do local. O deputado foi retirado do local às pressas, em um carro da PF, e levado para a Santa Casa de Misericórdia. Ao chegar ao hospital, ele fez um ultrassom, quando foi identificada a necessidade de cirurgia.

A Polícia Militar de Juiz de Fora confirmou que a foto da pessoa que está circulando em grupos de WhatsAppp dos apoiadores do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) é a mesma do suspeito do atentado. A PM não confirmou ainda o nome do suposto autor da facada, mas nesses grupos de apoio ao candidato ele é apontado como Adélio Bispo de Oliveira.

A Polícia Federal (PF) vai abrir inquérito para apurar o atentado ao candidato do PSL. O candidato conta com o serviços de segurança da Polícia Federal. Entre os presidenciáveis, ele foi o primeiro a pedir reforço de segurança da polícia.

Mais cedo, o líder da pesquisa Ibope ironizou o resultado do levantamento, que também o aponta como o nome mais rejeitado entre os presidenciáveis. De acordo com o Ibope, Bolsonaro tem com 22% das intenções de voto, mas 44% dos eleitores afirmam que não votariam nele “de jeito nenhum”.

— Não consigo entender. A pesquisa diz que aumenta dois pontos, mas a rejeição aumenta também. Quando eu tiver 30% das intenções de voto, vou ter 110% de rejeição — ironizou.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Momento exato em que Jair Bolsonaro é efaqueado em evento político na cidade de Juiz de Fora.  Todos os detalhes em nosso site.

Uma publicação compartilhada por Portal Click Campos (@clickcampos) em

Fonte: O Globo.

Comente com o seu Facebook
Após facada no fígado, Bolsonaro passa por cirurgia. Veja vídeo

To Top
error: Conteúdo protegido.