Esporte

Americano passa o trator em cima do Madureira e vence por 6 a 2

A boa fase da dupla “Maraquino” segue conduzindo o Americano na temporada. Nesta terça-feira (7), a vítima da vez foi o Madureira, na partida de ida das oitavas-de-final da Copa Rio. Com dois de Cláudio Maradona, dois de Marquinhos, um de Maikon Aquino e um de Gustavo, o Alvinegro derrotou o Madureira por 5 a 2 no Estádio Ângelo de Carvalho, em Campos. Luciano e Douglas Lima descontaram para o Tricolor Suburbano.
Desta forma, o Madureira precisa vencer por três gols de diferença no jogo de volta, dia 22 de agosto, na Rua Conselheiro Galvão, para forçar uma decisão nos pênaltis, ou por quatro ou mais para se clasificar. Não há critério de desempate por gol fora de casa. Em grande vantagem, o Cano volta as atenções para a Série B1 do Estadual, onde lidera na classificação geral e enfrenta o Olaria no próximo sábado (11), às 15h, na Rua Bariri.

Jogo lá e cá no primeiro tempo

Se a esperança normalmente é nos pés de Cláudio Maradona e Maikonj Aquino, no primeiro tempo quem conduziu o Americano foi Marquinhos. Quando Maradona sofreu pênalti de Thiago Medeiros, o camisa dez marcou sem dificuldades aos 17 minutos. No lance seguinte, entretanto, veio a resposta: bola na mão de Gabriel dentro da grande área. Penalidade convertida por Luciano, aos 18: 1 a 1.

Marquinhos, no entanto, voltou a aparecer aos 24. Após cobrança de falta de Gustavo e bola rebatida, o meio-campista acertou um belo chute de longa distância, sem chances para Jonathan, recolocando o Cano na frente. O Madureira, no entanto, buscou o empate outra vez: Recife cruzou e Douglas Lima, de cabeça, tirou do alcance do goleiro Luís Henrique e sacramentou o 2 a 2 como placar ao intervalo.

Maradona e Aquino impõem goleada

O segundo tempo foi exatamente o oposto do primeiro: o equilíbrio foi por terra e o Americano, no embalo da dupla artilheira, transformou o placar em goleada. Primeiro, aos 14, Cláudio Maradona recebeu de Maikon Aquino e tocou sem chances para Jonathan. Três minutos depois, os papéis se inverteram: foi Aquino quem recebeu de Maradona para, em lance semelhante, ampliar para 4 a 2.

Não dava tempo nem para respirar. Aos 29, Cláudio Maradona arrancou em velocidade, deixou toda a defesa do Madureira para trás e finalizou para ampliar a vantagem. Com o tento, a dupla “Marquino” chegou a incríveis 31 gols na temporada em 23 jogos. Ainda sobrou espaço para o sexto: após jogada individual, Paulo Vitor cruzou para Gustavo, na área, fechar o caixão da goleada.

A partida
Americano 6×2 Madureira – Copa Rio, oitavas-de-final, jogo de ida – 07/08/2018 às 15h
Estádio Ângelo de Carvalho (Campos dos Goytacazes-RJ)
Árbitro: Tarcizo Pinheiro Caetano
Assistentes: Guilherme Vogas Tavares e Flávio Manoel da Silva
Americano: Luís Henrique; Sanderson, Gabriel, Admilton e Rafinha; Abuda, Vandinho (Digão, 24’/2ºT), Valdir (Gustavo, 4’/1ºT) e Marquinhos (Paulo Vitor, 30’/2ºT); Maikon Aquino e Claudio Maradona. Técnico: Josué Teixeira.
 
Madureira: Jonathan; Arlen, Alex, Thiago Medeiros e Téssio (Ryan, 19’/2ºT); Recife, Walney, Luciano (Welber, 19’/2ºT), Rafinha (Rodriguinho, 30’/2ºT) e Douglas Lima; Marlon. Técnico: Gilberto Corôa.
Cartões amarelos: Gabriel, Vandinho, Sanderson, Marquinhos, Digão e Cláudio Maradona (ANO); Thiago Medeiros e Walney (MAD)
Gols: Marquinhos, 17’/1ºT (1-0); Luciano, 18’/1ºT (1-1); Marquinhos, 24’/1ºT (2-1); Douglas Lima, 38’/1ºT (2-2); Cláudio Maradona, 14’/2ºT (3-2); Maikon Aquino, 17’/2ºT (4-2); Cláudio Maradona, 29’/2ºT (5-2); Gustavo, 39’/2ºT (6-2)
Comente com o seu Facebook
Americano passa o trator em cima do Madureira e vence por 6 a 2

To Top
error: Conteúdo protegido.